José Azevedo

ja

José Azevedo é Professor Associado da Faculdade Letras da Universidade do Porto. É doutorado em Psicologia pela Universidade de Cardiff e pela Universidade do Minho (1995). Iniciou a sua atividade docente no ano 1983 na Universidade Minho, e desde 1987 na Universidade do Porto. Coordenou vários projetos ou contratos de investigação nacionais e internacionais.

Possui experiência na inovação pedagógica, sendo o coordenador do 1.º MOOC da Universidade do Porto (2015), tendo ainda recebido os seguintes prémios: 2013 – National Award for the best Multimedia Content in Education com o projeto Ciência 2.0; 2014 – menção honrosa no MEDEA Awards 2014 com o jogo digital Lab Quiz.

Mónica Fantin

mf

Mónica Fantin é doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil, com Estágio no Exterior, na Università Cattolica del Sacro Cuore (UCSC), Milão, Itália. É professora Associada do Centro de Educação da Universidade Federal de Santa Catarina. Atualmente realiza um pós-doutoramento na UCSC.

De entre os temas dos seus trabalhos publicados, destacam-se Media-educação e cinema na escola; Cinema e Imaginário Infantil: a Mediação Entre o Visível e o Invisível; O lugar da experiência, da cultura e da aprendizagem multimídia na formação de professores; dos consumos culturais aos usos das midias e tecnologias na prática docente; perspectives on Media Literacy, Digital Literacy and Information Literacy; e Beyond Babel: Multiliteracies in Digital Culture.

Isabel Nina

in

Isabel Nina é licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, variante Português/Inglês (Universidade de Coimbra) e mestre em Gestão da Informação e Bibliotecas Escolares (Universidade Aberta). Tem também uma pós-graduação em Tecnologias de Informação e de Educação (Instituto de Educação da Universidades de Lisboa).

É desde 2007 coordenadora interconcelhia da RBE (apoia, no presente ano letivo, nove concelhos: Águeda, Albergaria-a-Velha, Anadia, Cantanhede, Estarreja, Oliveira do Bairro, Montemor-o-Velho, Soure e Vila Nova de Poiares). A aplicação do Referencial Aprender com a Biblioteca Escolar despertou-a para a insuficiência da atenção dada às questões da educação e literacia para os media.

Maria Margarida Saco

margarida-saco

Maria Margarida Saco, licenciada em Serviço Social e Mestre em Ciências Sociais, participou e/ou coordenou vários projetos na área da educação, informação aos jovens e programas para a juventude, paz e não-violência, combate à violência doméstica, direitos humanos e cooperação internacional.

Atualmente trabalha no Departamento de Comunicação, Informação e Relações Internacionais do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) coordenando a rede de Lojas PontoJA (postos de informação aos jovens) e a Campanha  Movimento Contra o Discurso de Ódio – Jovens pelos Direitos Humanos Online em Portugal. É também gestora do Projeto Internet Segura no IPDJ, representando este Instituto no Consórcio do Centro Internet Segura.